Redes Sociais

Bolsas ICJ CNPQ/OBR

Em 2021, a OBR tem uma novidade para os estudantes que participarem da Modalidade Prática Virtual – Apresentação: os estudantes do Nível 2 que obtiverem a melhor colocação, em cada uma das categorias da modalidade, concorrem a Bolsas de Iniciação Científica Júnior – CNPQ/OBR.

A Bolsa Iniciação Científica Júnior – ICJ tem por finalidade despertar vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes do ensino médio e técnico da Rede Pública, mediante sua participação em atividades de pesquisa científica ou tecnológica, orientadas por pesquisador qualificado, em instituições de ensino superior ou institutos/centros de pesquisas.

Bolsas

A Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), premia, em 2021:

  • os ESTUDANTES do nível 02 da Modalidade Prática Virtual Apresentação, que tiveram os melhores desempenhos em suas participações em cada uma das categorias da modalidade durante a OBR 2021;
  • os ESTUDANTES do nível 02 da Modalidade Prática Virtual Simulação, que tiveram os melhores desempenhos em suas participações na modalidade durante a  OBR 2021; os ESTUDANTES participantes do Minicurso de Robótica durante a Etapa Nacional da OBR 2021.

A quantidade e valores de bolsas são definidas pelo CNPq através de chamadas públicas disponibilizadas anualmente.

Vigência: A Bolsa ICJ-CNPq é um prêmio ao Estudante, logo somente torna-se vigente no ano seguinte a premiação para e pela OBR.

Benefícios: Oferece um valor mensal de até 12 meses ao estudante.

Norma completa CNPq – Bolsas por Quota no País (RN-017/2006): www.cnpq.br
Anexo V / 5. Iniciação Científica Júnior – ICJ: www.cnpq.br – ICJ

Quem pode concorrer?

Além de ter tido um bom resultado na Etapa Nacional, o estudante também deve cumprir os seguintes requisitos do CNPq para receber a bolsa (Norma CNPq – RN017/2006):

-Estar regularmente matriculado no ensino fundamental, médio ou técnico no período de vigência da Bolsa em instituição de ensino pública;
-Possuir frequência acima de 80% comprovada pela instituição de ensino;
-Não ter vínculo no Mercado de Trabalho;
-Não ter outra bolsa do CNPq ou de quaisquer agências nacionais, estrangeiras ou internacionais de fomento ao ensino e à pesquisa ou congêneres;
-Não ser ex-bolsista do CNPq, da CAPES ou de outras agências públicas, que tenha usufruído o tempo regulamentar;
-Não ter débito, de qualquer natureza, com o CNPq, com outras agências ou instituições de fomento à pesquisa;
-Ter participado da OBR na edição anterior a vigência da bolsa com submissão de trabalho;
-Estar regularmente matriculado no ensino fundamental, médio ou técnico em instituição de ensino pública no período de participação na OBR da edição em que foi premiado com a Bolsa;

Documentos e Informações Comprobatórios para Estudantes (Norma CNPq – RN017/2006):
-Apresentar histórico escolar e comprovante de frequência;
-Possuir cadastro do currículo no sistema do CNPq: Plataforma Lattes (http://lattes.cnpq.br);
-Cópia de CPF e RG;
-Indicação de Agência ou Número de agência e conta-corrente do bolsista no Banco do Brasil;

Formulários: Adesão ao Programa de bolsas CNPq/OBR e Indicação do(s) Bolsista(s). Os formulários serão enviados somente para os tutores de projetos com estudantes premiados.

Atividades Gerais – Bolsas ICJ CNPQ/OBR

Entenda qual o seu papel, do seu tutor e do orientador acadêmico no processo de condução da ICJ.

O que deve ser realizado pelo Aluno?
• É importante ressaltar que cada aluno deverá cumprir fielmente o que está estabelecido em seu plano de atividades, submetido ao CNPq antes do início do trabalho (Formulário Candidatura Bolsas ICJ). Toda a criatividade é bem-vinda, desde que não exista alteração na temática do trabalho.

• Nela nenhuma alteração é possível, sob nenhuma circunstância, e sobre ela versará o relatório final de cada aluno.

• Cada Coordenador Acadêmico desenvolverá com os grupos os aspectos relevantes em cada trabalho, bem como acompanhará o desenvolvimento do grupo.

ETAPAS DO PROJETO
Cada projeto, através de seu tutor(a) e bolsista(s), deverá realizar as atividades abaixo:

• Submeter um documento no formato de Artigo Científico relatando o desenvolvimento do projeto para OBR realizado durante o período de vigência da bolsa. A submissão do artigo deve ocorrer por e-mail na data estipulada pela Organização da OBR;

• Realizar relatórios mensais sobre desenvolvimento do projeto e participação do bolsista através do preenchimento do “Formulário Acompanhamento Bolsista” durante o período de vigência da Bolsa para fins de supervisão do projeto pela Coordenação Acadêmica da OBR.

Atenção: O descumprimento das atividades obrigatórias acordadas entre a OBR e o Tutor e Bolsista(s) no momento do aceite da Bolsa são motivo de solicitação de cancelamento

COMO FUNCIONA A ORIENTAÇÃO?

Cada bolsista terá um Tutor associado e um Orientador designado (Coordenador Acadêmico). Para cada trabalho existem quatro figuras importantes:

• COORDENADOR DO PROJETO: é aquele que submeteu e teve a proposta aprovada no Edital CNPq. O coordenador do projeto perante o CNPq é o responsável por toda a gestão do projeto da Mostra Científica.

• COORDENADOR ACADÊMICO: Professor(a) de uma Instituição de Ensino Superior (IES), com titulação mínima de mestrado, responsável pelo planejamento e supervisão das atividades, bem como pela avaliação do desempenho do grupo sob sua orientação, contando com a colaboração dos Tutores diretamente vinculados às escolas de ensino fundamental, médio ou técnico.

• TUTOR(A): TUTOR(A): Professor(a) do ensino médio ou técnico vinculado à escola pública onde estuda o aluno premiado na OBR que irá desenvolver o estabelecido no Plano de Atividades. O Tutor(a) será o responsável pela operacionalização do Plano de Atividades e pela supervisão direta do(s) bolsista(s) de ICJ. Caberá ao Tutor(a) orientar o(s) bolsista(s) no caminho de uma aprendizagem segura, relevante, ativa, planejada e adequada às necessidades do grupo e da escola como um todo. Os Tutores são os professores indicados no formulário enviado dos bolsistas contemplados. Cada Tutor(a) deverá inscrever seus alunos bolsistas em ao menos uma das Modalidades Práticas da OBR (Presencial, Prática-Virtual Simulação e/ou Prática-Virtual Apresentação).

• BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JUNIOR:  será o Aluno(a) da escola pública de ensino médio ou técnico premiado na OBR, e que irá desenvolver o estabelecido no Plano de Atividades sob a supervisão dos Tutores.

Todo estudante premiado com bolsa ICJ CNPq/OBR desenvolve um projeto de Iniciação Científica durante 1 (um) ano assistido por um Professor(a)/Tutor(a) na escola e um(a) Coordenador(a) Acadêmico(a) indicado(a) pela OBR.

O bolsista e seu tutor(a) deverão realizar relatórios mensais do desenvolvimento do projeto.

Preencha o formulário eletrônico para acompanhamento de projeto <AQUI>.

Cronograma de Atividades dos Bolsistas ICJ CNPQ – OBR
• Início da vigência das Bolsas ICJ CNPq: Janeiro
• Período de acompanhamento dos Bolsistas ICJ: Janeiro a Dezembro
• Entrega dos Relatórios de Acompanhamento de Bolsistas: Mensal (até o 10º dia do mês subsequente)
• Submissão no sistema Olimpo do Artigo Final do projeto REVISADO(**): Outubro

(*) O calendário oficial de cada ano será enviado por email aos bolsistas contemplados
(**) O ARTIGO sobre o projeto desenvolvido por Bolsista durante a vigência da bolsa deve ser antes enviado para seu Coordenador Acadêmico responsável para revisão e posteriormente ser registrado no sistema Olimpo.

CONTATO CNPQ

Administração Bolsas: (61) 3211-9912
Pagamento Bolsas: (61) 3211-971

Dúvidas frequentes

  1. A coordenação da OBR contata os tutores dos projetos aprovados para que enviem o formulário de Candidatura onde informam dados gerais do projeto, o resumo do projeto a ser desenvolvido no próximo ano e a indicação dos estudantes candidatos a bolsa que atendem os requisitos do CNPq.
  2.  Após a avaliação e aprovação formulário de Candidatura, a OBR entra em contato com o tutor para providenciar o envio da documentação obrigatória e cadastro do currículo do estudante na Plataforma Lattes/CNPq.
  3. A coordenação da OBR, de posse da documentação obrigatória e currículo do estudante no CNPq, cadastra o estudante na Plataforma Carlos Chagas como bolsista.
  4. Com o cadastro dos estudantes executados no sistema, o CNPq envia um e-mail diretamente ao estudante com regras para o “aceite” dos termos do CNPq para a Bolsa ICJ. O e-mail de contato do estudante é o mesmo cadastrado no sistema CNPq: Plataforma Lattes.
    O estudante deve, ao receber este e-mail, realizar o procedimento de “aceite” pois a bolsa somente efetivada após o registro da anuência à sua indicação.

O procedimento de aceite da bolsa é FUNDAMENTAL, pois é o que garante a implementação da bolsa. Este procedimento possui algumas etapas:

  1. Receber a comunicação do CNPq por email;
  2. Acessar o site indicado no e-mail;
  3. Informar seus dados bancários – agência do Banco do Brasil;
  4. Preencher e enviar o Aceite;
  5. Confirmar o Envio do Aceite;
  6. Finalizar o Aceite da Bolsa.

Não recebi o email do CNPQ para confirmar o aceite da bolsa, como devo proceder?
Você pode responder o seu termo de aceite acessando o link: http://efomento.cnpq.br/efomento/autenticacao.jsp?id=0. Lembre-se que este termo deve ser respondido até o dia 14 do mês.

O CNPq tem 2(duas) formas de realizar o pagamento do valor da Bolsa para os bolsistas:

  • Depósito em Conta Bancária (RECOMENDADO): O valor será depositado na data marcada e na conta bancária indicada e ficará disponível para retirada conforme a disponibilidade do Bolsista. ATENÇÃO: O Número de Conta Corrente e Agência no Banco do Brasil devem ser registrados no momento da “anuência” da Bolsa no sistema do CNPq. Esta conta bancária deve ser do tipo conta corrente e em nome do Bolsista aberta no Banco do Brasil.
  • Retirada via Contra-recibo (apenas 1ª parcela): O valor estará disponível no formato de contra-Recibo que deve ser retirado na agência do Banco do Brasil (informado/registrado no momento do “aceite” da Bolsa no sistema do CNPq) e na data determinada pelo CNPq. Atenção: o CNPq efetua o pagamento via contra-recibo APENAS na 1ª parcela. A partir da 2ª parcela é necessário receber através de conta corrente em nome do PARTICIPANTE PREMIADO no Banco do Brasil.

Como devo proceder para cadastrar a minha conta bancária junto ao CNPQ?

  1. Acesse a página http://carloschagas.cnpq.br/
  2. Clique no link ” outros bolsistas”
  3. Digite o ” CPF” e a ” senha do seu lattes“, em seguida ” Confirme“
  4. Clique em “Gerenciamento de Projetos / Gerenciamento de sua Bolsa / Dados Bancários
  5. Selecione o processo e confira os dados apresentados em seguida, informe o código da agência bancária e a conta-corrente e clique em ” Enviar“.

Lembramos que não serão aceitas conta poupança, conta vinculada, conta conjunta e conta de terceiros. Somente conta corrente única e exclusiva do bolsista. Após o cadastro informar ao CNPQ.

Tento cadastrar a minha conta bancária junto ao CNPQ mas aparece a seguinte mensagem: “Agência não cadastrada ou não autorizada”. O que devo fazer?
Para cadastro de agência envie um email para o endereço eletrônico seeor@cnpq.br – SEEOR – Serviço de Execução Orçamentária, com os seguintes dados:

Nome do banco, número do código do banco, nome da agência, número da agência, conta corrente, endereço da agência, bairro, Estado, CEP, telefone, fax.

Envie um e-mail para sebfe@cnpq.br com o seu nome completo e CPF solicitando a referida declaração.

Ou

Acesse o site: http://efomento.cnpq.br/efomento/autenticacao.jsp?id=0 e digite seu número de CPF e senha.